Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia - Espinho, EPE

Projeto de requalificação - Unidade I (V.N. Gaia)

Presta cuidados de saúde diferenciados.

A sua área de influência corresponde, para todas as especialidades, aos concelhos de Vila Nova de Gaia e Espinho. Na especialidade de elevada diferenciação, é referência para todos os concelhos a norte do rio Vouga.

 

Unidades

Unidade I (antigo Hospital Eduardo Santos Silva)
Unidade II (antigo Hospital Distrital Vila Nova de Gaia)
Unidade III (antigo Hospital Nossa Senhora da Ajuda – Espinho)
Centro de Reabilitação do Norte (Valadares - Vila Nova de Gaia)

 

Missão

A prestação de cuidados de saúde hospitalares diferenciados em todas as valências médicas e cirúrgicas, característicos de um hospital de linha na referenciação.
A integração na Rede do Serviço Nacional de Saúde dos cuidados hospitalares prestados a toda a população da Região a sul do Rio Douro, concelhos de Gaia, Espinho e população da Região Entre Douro e Vouga.
A articulação com a rede de cuidados de saúde primários, nomeadamente com os agrupamentos da região de Gaia e de Espinho, e com a rede de cuidados de outros Hospitais.
A participação a nível nacional e internacional no ensino pré e pós graduado e na investigação científica em saúde.

 

Visão

Consolidar na Região Norte, incluindo a população dos concelhos de Gaia/Espinho e os da região de Entre o Douro e Vouga, um perfil de excelência e de equidade na área assistencial e científica da saúde.
Partilhar os desenvolvimentos alcançados. Estabelecer as pontes para as melhores práticas em saúde. A nível nacional e internacional.
Fomentar a cooperação em saúde com os Países Africanos de Expressão Portuguesa (PALOP´S).  
Promover a Inovação. Participar e competir no desenvolvimento de novas soluções na doença, desde a doença aguda à doença crónica. Privilegiar a efetividade nos cuidados diferenciados prestados ao doente. Integrar os cuidados hospitalares na promoção global da saúde.
Praticar uma cultura de responsabilidade, transparência, eficiência na gestão dos recursos. Reforçar os mecanismos de avaliação da efetividade dos cuidados prestados e também os da satisfação dos envolvidos.

 

Valores

A segurança, a centralidade no doente, a eficiência, a efetividade, o tempo útil, a equidade e a transparência são para nós os valores fundamentais dos cuidados que queremos prestar.

 

 

Fonte: www.chvng.pt