Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga

Hospital de S. Sebastião (Stª Maria da Feira)

O Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga, E.P.E., com sede em Santa Maria da Feira, foi criado na sequência da publicação do Decreto-Lei n.º 27/2009, de 27 de Janeiro, agrupando o Hospital de São Sebastião, E.P.E. (Santa Maria da Feira), o Hospital Distrital de São João da Madeira e o Hospital São Miguel (Oliveira de Azeméis), com efeitos a partir de 1 de Fevereiro de 2009. O Centro Hospitalar passou a ser responsável pela prestação de cuidados de saúde a uma população que ronda os 340.000 habitantes, residente nos concelhos de Santa Maria da Feira, Arouca, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra, Ovar e Castelo de Paiva (algumas freguesias).

Com a criação do Centro Hospitalar foram criadas as condições necessárias para uma melhor articulação entre as unidades hospitalares da parte norte do Distrito de Aveiro, melhorando a acessibilidade às consultas externas das diversas especialidades e facilitando a gestão das listas de espera cirúrgicas. Por outro lado, veio proporcionar uma maior racionalização nos recursos humanos e materiais disponíveis.

 

Hospital de São Sebastião

O Hospital de São Sebastião iniciou o seu funcionamento em 4 de Janeiro de 1999, na sequência da publicação do Decreto-Lei n.º 151/98, de 5 de Junho. Foi dotado de um estatuto jurídico que consagrava um modelo de gestão próprio, constituindo a primeira experiência de gestão empresarial no conjunto de Hospitais do Serviço Nacional de Saúde. Assim, podia recorrer a métodos, técnicas e instrumentos habitualmente utilizadas pelo sector privado, designadamente a celebração de contratos individuais de trabalho, a atribuição de incentivos aos profissionais, a agilização dos processos de aquisição de bens e serviços e a contratualização do financiamento com o Ministério da Saúde em função dos objectivos de produção definidos.

Em 2002 foi transformado em sociedade anónima de capitais exclusivamente públicos, evoluindo em 2005 para entidade pública empresarial, a exemplo do que aconteceu com a generalidade dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde.

O Hospital de São Sebastião está inserido na parte norte do Distrito de Aveiro, região onde se encontram localizadas mais quatro unidades hospitalares de pequena dimensão, ou seja o Hospital de São João da Madeira, o Hospital São Miguel (Oliveira de Azeméis), o Hospital Francisco Zagalo (Ovar) e o Hospital de Espinho, este último integrado no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho no 3º trimestre de 2007.

A 1 de Fevereiro de 2009, por força da aplicação do Decreto-Lei nº 27/2009, de 27 de Janeiro, o Hospital de São Sebastião passou a integrar o Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga, E.P.E., em conjunto com o Hospital de São João da Madeira e Hospital São Miguel – Oliveira de Azeméis.

 

Hospital de São João da Madeira

O Hospital de São João da Madeira foi inaugurado em Junho de 1966, construído por iniciativa da Santa Casa da Misericórdia local, passando em 1975 a ficar integrado na rede dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde, na sequência da publicação do Decreto-Lei n.º 704/74, de 7 de Dezembro.

Em 1977, em conjunto com o Hospital de Oliveira de Azeméis, passou a integrar o Centro Hospitalar de São João da Madeira/Oliveira de Azeméis, criado pelo Decreto-Lei n.º 94/77, de 15 de Março. Posteriormente, com a construção de um novo hospital prevista para Santa Maria da Feira, estas Instituições passaram a fazer parte do Centro Hospitalar de Aveiro Norte, com a publicação do Decreto Regulamentar n.º 3/79, de 24 de Fevereiro.

Em 1989 teve lugar a extinção do Centro Hospitalar, pelo que o Hospital de São João da Madeira passou a ter de novo autonomia administrativa e financeira, mantendo uma estrutura assistencial centrada nos serviços cirúrgicos de Cirurgia Geral, Ortopedia, ORL, Oftalmologia e Urologia, com uma área de influência directa para os concelhos de São João da Madeira, Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra, ficando o internamento das especialidades médicas e materno-infantis no Hospital de Oliveira de Azeméis.

 

Hospital São Miguel

O Hospital São Miguel foi inaugurado em a 1 de Julho de 1875, tendo sido construído por acção de beneméritos locais e doado à Santa Casa da Misericórdia local. Em 1975 passou a ficar integrado na rede dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde, na sequência da publicação do Decreto-Lei n.º 704/74, de 7 de Dezembro.

Em 1977, em conjunto com o Hospital de São João da Madeira, passou a integrar o Centro Hospitalar de São João da Madeira/Oliveira de Azeméis, criado pelo Decreto-Lei n.º 94/77, de 15 de Março. Posteriormente, com a construção de um novo hospital prevista para Santa Maria da Feira, estas Instituições passaram a fazer parte do Centro Hospitalar de Aveiro Norte, com a publicação do Decreto Regulamentar n.º 3/79, de 24 de Fevereiro.

Em 1989 teve lugar a extinção do Centro Hospitalar, pelo que o Hospital de São Miguel passou a ter de novo autonomia administrativa e financeira, mantendo uma estrutura assistencial centrada nas especialidades médicas e materno-infantis, com uma área de influência directa para os concelhos de São João da Madeira, Oliveira de Azeméis e Vale de Cambra, ficando os serviços cirúrgicos de Cirurgia Geral, Ortopedia, ORL, Oftalmologia e Urologia no Hospital de São João da Madeira.

 

 

Fonte: www.chedv.min-saude.pt